sexta-feira, 16 de maio de 2014

Uma entrega

foto: Araquém Alcântara


Quem praticar o Zazen pensando que precisa parar a mente ou esvaziá-la ainda não entendeu.


A cessação é das oscilações da mente.


A mente é incessante e luminosa.
Zazen é penetrar a mente, compreender nossos processos físicos e mentais, penetrar a mente silenciosa e tranquila. Entretanto, se corrermos atrás dessa mente silenciosa, ela ficará barulhenta.


Para atingir o estado de tranquilidade, temos que permitir que a tranquilidade se manifeste.


É uma entrega


(Monja Coen - Palavras do Darma)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arte: Hugo Pullen