quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Canção de Milarepa

foto: Herman Dammar


Milarepa era um iogue que viveu no tibete entre 1040 e aproximadamente 1123. Seu mestre Marpa o fez construir e destruir casas de vários andares por sete vezes seguidas para purificar seu mal carma, acumulado por práticas de magia negra antes de se converter ao Dharma.



“O homem que pode observar sua mente sem distração

Não precisa tagarelar ou conversar.

O homem que consegue absorver-se em autoconsciência

Não precisa sentar-se com rigidez cadavérica.

Se ele conhecer a natureza de todas as formas

Os oito anseios mundanos* desaparecem por si mesmos.

Se ele não tiver desejo e ódio no coração

Não precisa exibir-se ou fingir.

O grande despertar da mente de Bodhi,

Que vai além do samsara e do nirvana,

Nunca pode ser atingida pela busca e pelo desejo.”



*As 8 preocupações(anseios) mundanas:

[1] querer ser elogiado; [2] não querer ser criticado;

[3] querer ganhar; [4] não querer perder;

[5] querer ter prazer; [6] não querer dor;

[7] querer ser reconhecido; [8] não querer ser ignorado.


(Canção de Milarepa para o Dharma Bodhi do Nepal, in Meditação na Ação, de Chogyam Trungpa, Editora Pensamento)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

flor do cerrado - Google Não dê ouvidos às palavras indignas ditas pelos outros. Não se preocupe com aquilo que foi realizado ou não ...