segunda-feira, 2 de março de 2015

Energia da vida

Foto: Lou Gaioto


Somos uma mistura de agressão e de gentileza amorosa, um coração empedernido e uma receptividade suave, uma mente tacanha e uma mente aberta pronta a perdoar. Não temos um identidade fixa, previsível que faça com que alguém diga “Você sempre foi assim. Você sempre foi igual”.

A energia da vida nunca é estática. É variável, fluida e mutável como o tempo. Algumas vezes gostamos de como estamos nos sentindo, outras não, e vice-versa. Existe uma contínua alternância de felicidade e tristeza, conforto e desconforto. Isso acontece com todas as pessoas.

Mas por trás de nossas concepções e opiniões, nossas esperanças e temores em relação aos acontecimentos, a energia dinâmica da vida está sempre presente, imutável perante nossas reações de gostar e detestar.




(Pema Chodron)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

flor do cerrado - Google Não dê ouvidos às palavras indignas ditas pelos outros. Não se preocupe com aquilo que foi realizado ou não ...