terça-feira, 1 de maio de 2012

Casos Zen

Uma monja foi visitar a mestra do mosteiro. A mestra olhou diretamente para ela e disse: "Por que você trouxe toda essa multidão com você?". A monja, que estava sozinha, olhou para trás. A mestra disse: "Não olhe para trás, olhe para dentro".

Será que estamos sós? Será que levamos conosco multidões? Há quem venha com os seres amados. Há quem ande com os que mais detesta para todos os lados.

Não podemos ficar olhando para trás. Dizem que quem olha para trás bate com a cara no poste. E não é assim mesmo? Costumamos olhar para o que já fizemos, ficamos remoendo situações, eventos, o que falamos ou deixamos de falar em certo momento. É preciso ficar livre. 

(Monja Coen em Sempre Zen, aprender, ensinar e ser - Publifolha)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Paz

Muitos problemas que estamos  enfrentando é da nossa própria criação. E aqui há uma grande contradição, porque ninguém quer um problema, ma...